A Rede Nacional de Pesquisas e Estudos em Direito do Trabalho e da Seguridade Social (RENAPEDTS) é uma associação de fato sem fins lucrativos, formada por grupos de pesquisa em Direito do Trabalho e da Seguridade Social vinculados a instituições de ensino superior localizadas em diferentes regiões do país.

 

O objetivo desta Rede Nacional é o de desvelar e escrever a história do direito do trabalho e da seguridade social no período envolvido desde a promulgação da Constituição da República até a atualidade, mediante produção a se realizar a partir da coleta de documentação a respeito do período, de modo a explicitar as ameaças sofridas pela classe trabalhadora e as formas de resistência implementadas, notadamente no campo jurídico, e a partir dos seguintes recortes:

 

1) academia (examinar a experiência acadêmica universitária: grade curricular, ensino jurídico e teses defendidas);

2) ataques midiáticos (explicitar o papel assumido pela mídia de atacar o Direito do Trabalho e a Justiça do Trabalho);

3) atuação associativa: ANAMATRA, ABRAT, ANPT (destacar a função importante das associações no período de resistência);

4) atualidade (tudo isso sem tirar o foco da atualidade, pois a pesquisa pretende ser alimento para a luta trabalhista do próximo ano, que vai ser muito dura);

5) doutrina (identificação dos autores que foram a favor do projeto neoliberal e os que resistiram, destacando os pontos de vista defendidos);

6) elaboração de manifestos (apontar como a comunidade jurídica reagiu coletivamente);

7) eventos: congressos e seminários (avaliar o papel dos congressos e seminários pró e contra a flexibilização);

8) greves (ver como os trabalhadores se mobilizaram);

9) jurisprudência (levantamento da jurisprudência, verificando avanços e retrocessos);

10) legislação (alterações legislativas);

11) movimentos estudantis (verificar como os estudantes, em cada universidade, se viram integrados à resistência).